Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Curso dos Sonhos: Direito!

Imagem

Druammando

Imagem
Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.
Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar. Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. Sofremos…

Capital Fashion Week: Eu fui!

Imagem
Os meus seguidores sabem mais do que eu que, de moda eu não entendo muito. Na verdade, o blogger sempre teve uma temática bem desfocada sobre esse assunto, já que o Diário da Filha do Meio é uma página onde compartilharmos amor. Embora isso seja um fato verídico, vocês também sabem que estou cursando Produção de Moda e que, daí então, o blogger encheu-se de lojas parceiras, de postagens relacionadas a moda e etc. E eu tenho que admitir que moda não era minha praia, que eu nunca tinha me tocado de que ela é realmente importante e que, principalmente, a nossa aparência mostra muito do que somos, pensamos. Hoje eu acredito que a moda não seja tão vulgar e que, ela é importante, já que somos reflexo do que transmitimos no espelho. Mas, posso dizer que, atualmente, eu sou uma estudante de moda e que, posso não saber tudo, porque realmente ninguém sabe tudo, mas eu sei o bastante e convivo com pessoas que sabem, que entendem do assunto, e que compartilham seu conhecimento comigo.  Hoje eu …

Curso dos sonhos: Medicina!

Imagem
"Eu nunca fui daqueles que tinha muita confiança em mim mesmo. Querendo ou não, tinha aquela visão de menino nascido no interior, que sonha com medicina mas que sabe o quão distante ela podia estar, seja pela concorrência extremamente desumana que é um vestibular, seja pelo alto custo do curso. Nunca deixei de me preparar e tinha uma rotina de estudo, respondia algumas provas e sempre que dava olhava o noticiário, no entanto, convivia constantemente com a incerteza de estar ou não no caminho certo. A questão é que quando a gente menos espera, você abre a lista dos aprovados e o nome está lá. Confesso que fechei e abri a página duas ou três vezes e li o meu nome outras tantas vezes. Não podia acreditar. É uma das melhores sensações que experimentei, um alívio. Ufa, é essa uma interjeição que define tudo. A partir desse dia minha vida passou por grandes mudanças: troca de cidade, morar longe de casa, conhecer novas pessoas. Era preciso me adaptar a uma vida nova, mas tudo isso era s…