Meu tudo, meu nada...

by - julho 28, 2010

meu refúgio, minha morada.


Momentos sem ti encontrar,
tornam-se noites sem luar...

Para viver e não ti ouvir,
é melhor nem existir.

Para olhar e não ti ver,
é melhor nem enxergar.

Para tocar e não ti sentir,
é melhor nem seguir.

Para viver e não ti ter,
é melhor nem viver...

(Raymara Milhomem de Oliveira)


You May Also Like

0 comentários