Meu tudo, meu nada...

meu refúgio, minha morada.


Momentos sem ti encontrar,
tornam-se noites sem luar...

Para viver e não ti ouvir,
é melhor nem existir.

Para olhar e não ti ver,
é melhor nem enxergar.

Para tocar e não ti sentir,
é melhor nem seguir.

Para viver e não ti ter,
é melhor nem viver...

(Raymara Milhomem de Oliveira)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Sr. Liss Relaxa Fios! Aprovado?

CASA LEGO VAI ANIMAR AS FÉRIAS NO CONJUNTO NACIONAL

Vivendo de brisa, uma comédia musical circula pelo Distrito Federal